República dos Cachorros | Porto | Carapaus de Comida

Petiscos

República dos Cachorros | Porto

3 Mar , 2016   Galeria

Mais uma posta de quinta-feira, só porque esta vai ser coisa tão curta, tão curta, que quase não mereceria o destaque. Mas nós somos, já se sabe, atrevidotes e, porque não almejamos contar mais do que aquilo que vivenciamos, temos a lata de vir relatar uma experiência que demorou pouco mais de quinze minutos e que, ainda assim, deixou uma impressão que merece registo.

Na verdade, soube que iria à República dos Cachorros, espaço duplo (há uma sala de cada lado da rua) que abriu há uns anos mesmo ali nos Poveiros, consta que pela mão de um ex-empregado do Gazela, onde meio mundo já entrou e se deliciou com os originais cachorros, quando saí do parque de estacionamento e percebemos que tínhamos cerca de 25 minutos antes da hora da peça a que iríamos assistir no Teatro Nacional de São João (a cinco minutos de distância, em passo rápido) e que a fome apertava.

Não foi tarde nem cedo: porque pouco passava das seis e meia da tarde, tínhamos a sala só para nós e sabíamos que o serviço iria ser rápido. Sugeri que nos sentássemos ao balcão (apesar de haver uma dúzia de mesas junto às duas frentes que dão para a rua) porque tenho esta alma de tasqueira/petisqueira e boas memórias de infância, sentada no balcão da Cufra ou de uma qualquer cervejaria de Matosinhos, com o meu irmão e os meus pais, a comer coisas boas.

Pedimos dois cachorros simples e sem batata, uma cola para o cavalheiro e um fino para esta vossa criada e, em pouco mais de cinco minutos, tínhamos a sandes à frente: em pão estreito e comprido, recheado de salsicha e queijo, ligeiramente tostado e barrado com um nadinha de manteiga, foi capaz de nos adiar as fomes e de nos agradar, em simultâneo.

O total não chegou a dez euros – e eis uma boa alternativa, nos dias em que vamos à baixa desejosos de nos enchermos de cachorros do Gazela, mas sonhamos com um espaço mais limpo e menos confuso, com assentos e sem empurrões e, sem sombra de dúvida, com um atendimento muitíssimo mais afável e educado.

República dos Cachorros | Porto
4 Carapaus
4 Cardume (1 voto)
Positivos
  • A quantidade de lugares
  • a esplanada
  • os cachorros
  • Negativos
  • O estacionamento
  • os dois espaços separados
  • Resumo
    Óptima alternativa à confusão do Gazela: não é um espaço tão mítico, mas mata a traça daqueles cachorros simples, capazes de agradarem quase universalmente.
    Serviço4
    Comida4
    Preço/Qualidade4
    Espaço4
    O que diz o Cardume... 1 Deixe a sua avaliação.
    Olha o belo cachorro
    Realmente positivo o espaço (o facto de termos mesa) comparado com o gazela. A qualidade do cachorro melhorou bastante assim como o atendimento e o espaço. Uma boa alternativa quando não podemos ir ao Gazela, e confesso que ultimamente já nem tento ir ao gazela, vou directo à República do Cachorro.
    3 de Março de 2016, 13:57
    0
    0
    Deixe a sua avaliação.

    República dos Cachorros | Porto

    Morada: Praça dos Poveiros, 30
    Localidade: Porto

    Telefone: 914 863 299 | 222 007 639
    Horário: Seg a Dom – 12h00 às 22h30
    Aceitam reservas? Sim

    No Zomato
    República dos Cachorros Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
    Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
    E vocês, já experimentaram o República dos Cachorros? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!
    The following two tabs change content below.
    Ana Andrade

    Ana Andrade

    Agridoce, de tempero forte e gargalhada salgada.
    Ana Andrade

    Latest posts by Ana Andrade (see all)

    , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


    Deixar uma resposta