Hamburgueria DeGema | Porto | Carapaus de Comida

Hamburgueria

Hamburgueria DeGema | Porto

3 Jun , 2016   Galeria

A ideia era almoçar no DeGema de Braga (num deles, vá), uma vez que me tinha deslocado à cidade minhota em trabalho, a meio da manhã; mas aconteceu ter-me despachado muito mais cedo do que previra, o que, a par com a circunstância de em Braga estar um tempo miserável, quando havia deixado um Porto com sol, me levou a mudar de planos e a trocar o estabelecimento original pelo irmão mais novo que, mais ou menos recentemente, abriu na Rua do Almada (e onde queria ir há já algum tempo: reparei nele quando dei uma formação ao cimo da rua, no final de Março, e abriram-se-me os apetites).

Na verdade, este Cardume não tem pejo algum em dizer que aderiu em força à tendência dos hambúrgueres gourmet/artesanais/chamem-lhes-o-que-vos-aprouver: temos tido (não só mas também – e sobretudo) experiências fantásticas e adoramos que volta e meia abram novos estaminés, que gostamos de visitar mal possamos – é que, ainda por cima, o tipo de comida é barato e pode comer-se mesmo muito bem, se se gostar do género. Para além disso, palatos tão gulosos como o nosso deram-nos boas referências do que se come na casa-mãe, pelo que não havia o que enganar.

Conseguimos pôr-nos na baixa do Porto antes da hora-de-ponta: chegámos ao DeGema ainda antes das 13h00, tendo deixado o carro na zona de parquímetros da Praça da República, onde há sempre gente a sair e a entrar. Ainda assim, notei que havia uns quantos lugares livres na Rua do Almada (também pagos), mas normalmente não arrisco (porque se não houver terei de ir dar uma enorme volta ao quarteirão) e paro no primeiro espaço vago, salvo se tiver carradas de tempo (o que não costuma acontecer). Vai daí, descemos aqueles cem metros (podem ser 50, podem ser 200, compreendam) a pé, com um solinho bom a bater-nos no frontispício, e entrámos naquele espaço airoso, com montra para a rua e para quem passa.

De resto, a primeira coisa em que se repara é mesmo a decoração, que é original e gira: há cabeçudos (sem corpo) pendurados do tecto, cada qual com o nome de um hambúrguer (e os hambúrgueres são designados por expressões tão à-Porto que só apetece comê-los a todos; por curiosidade, os estaminés de Braga têm designações respeitantes à cidade minhota), há um chão de madeira magnífico e outro preto-e-branco-e-cinzento tão bonito como o primeiro, há um alto-relevo de madeira com fachadas de casas coloridas numa parede, há uma espécie de mini-jardim suspenso e há como que três espaços distintos, sem sairmos do mesmo.

Nós ficámos logo à entrada (adoro uma vista de rua), numa das primeiras mesas, cujos assentos são constituídos por um sofá fixo à parede e contínuo e cadeiras de madeira. Quando nos trouxeram a ementa, rejubilei com o que já sabia: a oferta de hambúrgueres é janota, os seus nomes são geniais e a chatice era só ter de escolher. Há também o hambúrguer do mês (eleito de entre os fixos, sendo que em Abril era o Como Um Abade, para estômagos sem fundo) e a possibilidade de optar pelo menu de almoço, composto pelo hambúrguer do dia, batata, bebida a copo e café (5€) ou tudo isto e shot de sobremesa, em vez do café (5,50€).

Nós optámos pelo Andor Bioleta e pelo Só Bitaites (caramba, mais não fosse e, só pelos nomes, já me tinham conquistado), sendo que ambos vêm acompanhados pelo belo do batatÂme comum (aqui não há batata doce, infelizmente): nós pedimos batatas em palitos para um dos menus e às rodelas para o outros, para poder provar ambos os tipos – não prescindimos foi dos orégãos  em qualquer deles (adoro batata frita polvilhada com alecrim, mas com orégãos creio ter sido a primeira vez). Ambos foram gabadíssimos: o Andor Bioleta (o meu) era composto pelo hambúrguer de novilho, queijo flamengo, cogumelos salteados, rúcula, tomate, molho de mostarda e mel; já o É Só Bitaites levava o belo do hambúrguer, bacon, queijo Edam, cogumelos salteados, alface, tomate, cebola roxa e molho cocktail.

Devo salientar, antes de mais nada, que no DeGema se degusta o melhor pão de hambúrguer (branco, com sementes de sésamo) que alguma vez me foi dado a provar: é fresquíssimo, ligeiramente tostado e sem excesso de miolo (daquele que se cola a dentes e céu da boca) – uma delícia. Depois, cumpre-me gabar a carne, que é de excelsa qualidade (suculenta, saborosa) servida no ponto e com um sabor boníssimo. Finalmente, todos os demais ingredientes, que se sentem, um por um (nada daquelas mesclas indefinidas e americanizadas).

O serviço, apesar da enorme afluência (não parou de chegar gente, enquanto ali estivemos, sendo que até um grupo de oito pessoas sem marcação conseguiram sentar-se), carregadinha da heterogeneidade que hoje pulula na baixa portuense (e que é tão boa de sentir), foi sempre simpático e eficaz, o que me causa sempre enorme gáudio, porque ele há chafaricas que ainda não perceberam que a atenção às pessoas é tão determinante como o que se lhes serve.

No final, prescindimos da sobremesa e do café, não porque os gelados artesanais e os toppings de Nutella e afins não nos seduzissem, mas porque havíamos decidido que a ida à Miss Pavlova (uns metros abaixo, na mesma rua) não passaria desse dia – e não passou (não haverá lugar a posta própria, mas recomenda-se a visita a todos os doceiros – é coisa para lá de boa). Ficaram-nos os apetites 7,90€ por estômago, o que nos pareceu muitíssimo bom negócio para o bem que ali se come e está.

Hamburgueria DeGema | Porto
4.8 Carapaus
1 Cardume (1 voto)
Positivos
  • A decoração
  • os hambúrgueres
  • o espaço
  • a localização
  • as batatas fritas às rodelas
  • Negativos
  • Vale dizer que o estacionamento na zona é complicado?
  • E que as batatas aos palitos são menos espectaculares do que as às rodelas?
  • Resumo
    Temos tudo a favor da tendência dos hambúrgueres artesanais/gourmet e o DeGema é mais um argumento em favor da nossa preferência. Bendita a hora em que o estaminé se espraiou de Braga para o Porto!
    Serviço4.5
    Comida5
    Preço/Qualidade5
    Espaço4.5
    O que diz o Cardume... 1 Deixe a sua avaliação.
    Rude waiters
    The first waiter was extremely rude and impolite. Then came another one who was ok. Nevertheless, we had to wait for more than 10 minutes just to pay the bill, and we could clearly see them ignoring us, even though we asked for their attention.
    7 de Janeiro de 2018, 15:37
    0
    0
    Deixe a sua avaliação.

    Hamburgueria DeGema | Porto

    Morada: Rua do Almada, 253
    Localidade: Porto

    Telefone: 223 227 432
    Horário: Seg a Dom – 12h00 às 24h00
    Aceitam reservas? Sim

    No Zomato
    DeGema Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
    Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
    E vocês, já experimentaram a Hamburgueria DeGema? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!
    The following two tabs change content below.
    Ana Andrade

    Ana Andrade

    Agridoce, de tempero forte e gargalhada salgada.
    Ana Andrade

    Latest posts by Ana Andrade (see all)

    , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


    Deixar uma resposta