Pizzaria Ciao Bello | Carapaus de Comida

Este é um mês que vai deixar saudades a este Carapau que vos escreve. Visitar restaurantes à beira-mar plantados, é um privilégio que nos é oferecido de bandeja por este nosso cantinho. A boa comida que experimentámos, acompanhada de excelentes vistas e cheiro a mar, dá-nos vontade de ter meses com o tema que este teve (“Linha de Praia”) durante muito, muito tempo. Infelizmente este chegou ao fim e decidimos fechar com um estaminé de gastronomia que ainda não havíamos experimentado enquanto Carapaus: comida italiana. A escolha recaíu sobre o Ciao Bella, em frente à praia da Aguda, do qual já havíamos recolhido excelentes impressões.

A entrada para a  pizzaria é feita pelo caminho pedestre, onde se estendem esplanadas de estaminés vizinhos e passeiam transeuntes e ciclistas, alheios à passagem dos Carapaus e honorabilíssimos acompanhantes. O espaço é pequeno e muito acolhedor. Outrora uma casa de pescadores, ainda mantém alguns traços originais, como as pequenas janelas que olham o mar, já ali.

[adrotate banner=”11″]

Aos Carapaus AA e eu próprio,  juntaram-se as Carapauas com lugar em, tivéssemos um desses, quadro de honra (dada as presenças assíduas), IP e MAA, os repetentes HS, FV e mini-carapau JS (que já tinham tainado connosco aquando da incursão à Tasca Gourmet Casa Santo António), o MB (que se estreou como Carapau na incursão extraordinária ao Gokobe) e o seu irmão, o único estreante, AB. Tivemos mesa larga e em boa hora fizémos reserva, uns dias antes, dado que em pouco tempo a sala encheu e havia já pessoas à espera.

Pizzaria Ciao Bella | Pão de Alho
Pão de Alho

Enquanto nos entretínhamos com os couverts (azeitonas, pão, cenourinhas temperadas e azeite com vinagre), chegaram-nos as ementas, em português e inglês (dado que tínhamos Carapaus que vieram da terra do bacalhau, a Noruega), e  procedeu-se rapidamente à escolha do manjar. Pediu-se uma bruschetta e pão de alho como entrada (mais tarde quis repetir-se a dose de pão de alho mas a nossa encomenda foi esquecida). Encomendaram-se também as pizzas: uma Hawaii, uma Lucca, uma Salmão, uma Quatro Estações (com ananás), uma Capriciosa (sem cogumelos) e outras duas Capriciosas com tudo a que se tinha direito. Posso dizer-vos que todos os comensais adoraram as pizzas, de massa fina e estaladiça, cobertas de ingredientes frescos e saborosos. Apenas de referir que não se aconselha a ida a grupos grandes (igual número ou maior que o nosso nesta incursão), visto que é fisicamente impossível saírem todas as pizzas ao mesmo tempo. Quando a sala encheu, notou-se alguma confusão no serviço, com a já referida falha na repetição do pão de alho e também com a pergunta ao HS de qual a pizza que teria escolhido, quando todas as outras já se encontravam na mesa. Nada disto, no entanto, manchou (nem sequer com pintinhas pequeninas) uma incursão a roçar a perfeição. O serviço foi sempre deveras atencioso, simpático e rápido. Na ementa, para além da pizza, constam também outros pratos típicos italianos, como lasanha e massas, e não falta também uma escolha de bifes.

[adrotate banner=”11″]

Seguiram-se as sobremesas e todos os comensais optaram por mousses variadas, servidas em pequenos recipientes de vidro. Os sabores dividiam-se em mousse de lima, limão, baba de camelo, manga e chocolate. Todos raparam o pequeno copo. De salientar que a mousse de chocolate é bem capaz de agradar a quem goste delas bem doces e com travo a manteiga. Seguiu-se o café, duma conhecida marca de uso doméstico, cada vez mais comum em estaminés que visitamos.

Feitas as delícias e as contas, deu a cada Carapau a módica quantia de 16,25€, o que, para nós, sendo abaixo dos 20€, é, já de si, uma grande satisfação.

Em jeito de conclusão, o Ciao Bella tem o selo de qualidade dos Carapaus e vale bem a pena a visita, para jantares de grupos pequenos ou mesmo para um jantar romântico. Não se esqueçam de fazer reserva de mesa (mesmo que seja para duas pessoas)!

[galleryview id=41]

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.