Restaurante Tripeiro | Porto | Carapaus de Comida

Comida Portuguesa

Restaurante Tripeiro | Porto

15 Set , 2017   Galeria

Evidentemente, não foi a minha primeira ida ao Tripeiro, sito em Passos Manuel (escrevemos sobre a experiência há pouco mais de dois anos), mas foi a primeira incursão no novo Tripeiro, que mudou de mãos e está de cara lavada – e é uma satisfação verificar que não se deixou morrer um dos restaurantes mais tradicionais e clássicos do Porto, que sempre serviu comida tradicional, mas estava, de facto a precisar urgentemente de renovação, sobretudo no que toca ao espaço, mas também, admito, no modo como se apresenta às novas gerações de locais e de turistas, que serão a clientela do presente e do futuro.

E foi há pouco tempo, no início do Verão, que um punhado de gente que já dava cartas na (boa) restauração da Invicta (falamos dos responsáveis pelo LSD, Cantina 32 ou Puro 4050) agarrou no Tripeiro e o tornou mais apelativo, até do lado de fora: lembro-me de ter vontade de lá ir quando passei à porta, no dia da reabertura, e tudo me pareceu moderníssimo e sofisticado, pese embora se tenha mantido o letreiro original, que constitui já um toque vintage.

Recentemente, num dos nossos almoços mais ou menos mensais, eu, a JSS e a RV optámos por marcar mesa para lá e foi com muito agrado que apreciámos a elegância do novo espaço, que manteve muito do que anteriormente existia, mas com um toque contemporâneo (mas rústico) e, sobretudo, muito mais acolhedor e confortável: ficámos numa mesa que incluía um “sofá” de madeira com almofadas. A luz, que a JSS achou excessivamente baixa, agradou-me também – num dia de sol e calor, soube-me muito bem.

O couvert é constituído por um cestinho de pão (broa de Avintes, pão rústico e regueifa) e uma taça com manteiga, que creio só eu ter degustado (não resisto a manteiga, há que admiti-lo). Não pedimos entradas, porque nenhuma de nós gosta de comer muito ao almoço, e partimos desde logo para os pratos principais, sendo que para além dos da lista, existe também a oferta do dia que, no caso, era Caldeirada de Bacalhau e Costeletas Panadas com Arroz de Chouriço. Eu optei por estas, a RV foi para os Panados de Vitela com Arroz de Tomate e a JSS para os Filetes de Pescada com Salada Russa. Para beber, eu e a JSS quisemos a limonada que, a pedido, pode vir sem açúcar (porque nenhuma de nós gosta dela doce), enquanto a RV se manteve fiel ao seu hábito de não ingerir líquidos (por nada de especial, só porque não lhe sabe bem).

E só temos a dizer bem de tudo quanto comemos: a qualidade do Tripeiro, que sempre foi um marco na gastronomia da Invita, mantem-se, o respeito pela cozinha tradicional portuguesa também, e o empratamento é mais bonito e cuidado. No entanto, não posso mentir: não gostei do serviço, que achei blasé e em chocante contraste com o anteriormente existente, muito mais próximo e diligente. Por outro lado, a não existência de doses e meias doses (só permanecem as doses) parte do princípio de que todos temos os mesmos apetites – o que não acontece, de todo, e acabei por comer uma grande parte do segundo panado da RV.

Mas a comida é francamente boa: a carne era tenra e bem temperada, a fritura estava ótima, a salada russa era pejadinha de ervilhas e cenoura (e não apenas batata, como tantas vezes se vê), os filetes foram muito gabados e os arrozes, cada qual no seu estilo (o de tomate malandrinho, o de chouriço seco e maravilhoso), estavam perfeitos.

Não quisemos sobremesa, embora a oferta seja agradável, para quem se delicia pelos sabores tradicionais, terminámos com um café e pagámos 13€ cada uma, o que me parece bastante bem, para um estaminé do gabarito do Tripeiro. Obviamente que, ao jantar, com vinhos, entradas e sobremesas, a conta atirar-se-á para os vinte e qualquer coisa euros por estômago, mas ainda assim aconselho vivamente a visita – embora recomende uma revisão do serviço às mesas, que só ganharia em ser mais caloroso e presente.

Restaurante Tripeiro | Porto
4.1 Carapaus
0 Cardume (0 votos)
Positivos
  • A decoração
  • a comida
  • Negativos
  • O serviço
  • Resumo
    O renovado Tripeiro soube manter a qualidade da comida tradicional portuguesa, com um toque de autor, e renovar um espaço que estava absolutamente ultrapassado. É um valor seguro, na Baixa do Porto.
    Serviço3.5
    Comida4.5
    Preço/Qualidade4
    Espaço4.5
    O que diz o Cardume... 0 Deixe a sua avaliação.

    Seja o primeiro do Cardume a avaliar este Estaminé!

    Deixe a sua avaliação.

    Tripeiro | Porto

    Morada: Rua Passos Manuel, 195
    Localidade: Porto

    Telefone: 222 038 075
    Horário: Seg a Sáb – 12:30 às 15:00 e 19:00 às 23:00 | Dom – 12:30 às 15:00
    Aceitam reservas? Sim

    Data da Visita: 24 de Julho de 2017
    No Zomato
    Tripeiro Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
    Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
    E vocês, já experimentaram o Tripeiro? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!

    The following two tabs change content below.
    Ana Andrade

    Ana Andrade

    Agridoce, de tempero forte e gargalhada salgada.
    Ana Andrade

    Latest posts by Ana Andrade (see all)

    , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


    Deixar uma resposta