Comida Portuguesa

Um aniversário no Ginjal

25 Jul , 2012   Galeria

A ocasião era a celebração do aniversário da RM. À data e hora marcada lá se juntaram os amigos e começou a festarola. O local escolhido pela aniversariante foi o Ginjal do Porto, ali mesmo no início da Rua do Bonjardim, onde esta se cruza com a Rua de Gonçalo Cristóvão, onde se encontra o edifício do Jornal de Notícias (passe a publicidade).

Estava reservada para o grupo de (à volta de 20) comensais, uma sala privada, no andar de cima daquele restaurante da Baixa portuense. O Ginjal do Porto é um espaço pleno de carácter. As paredes são forradas a livros de escola de outros tempos, desenhos a carvão e rolhas, muitas rolhas. A decoração é à moda antiga e de muito bom gosto, o que confere àquele estaminé um aspecto de casa típica tripeira, que resitiu aos tempos e aos ventos.

Subidos ao andar de cima, à sala privada que nos havia sido reservada, já nos esperavam as entradas: cestos de pão e pratos adornados  com bola de carne (talvez a entrada mais saborosa, baixinha e de aspecto diferente da bola de carne mais comum), folhados de salsicha (com massa folhada, cozida de demais, a mais e salsicha a menos), peixinhos da horta, azeitonas e um paté que não sabia a nada mais que alho e maionese.

[adrotate banner=”11″]

Ginjal do Porto | Rolo à Ginjal

Rolo à Ginjal

A ementa já era do conhecimento dos comensais, que tiveram a oportunidade de escolher o que iriam comer dias antes do evento. As opções disponíveis eram Bacalhau com Natas, Rolo à Ginjal, Lombo Assado, Bifinhos com Cogumelos, Postinhas de Pescada Assada e Salada à Ginjal. As opiniões em relação ao bacalhau dividiram-se entre o “excelente” e o “nada de especial”, sendo de destacar o sabor vincado a noz moscada. A pescada não mereceu especiais reparos ou louvores e os restantes assados (lombo e rolo) pecaram por já terem sido cozinhados há algum tempo e terem sido servidos requentados, o que se traduziu em alguma secura da carne. Os bifinhos com cogumelos foram servidos com o tradicional molho de natas e também não encheram o olho. De salientar que, se a qualidade deixava algo a desejar, o mesmo não se pode dizer da quantidade, dadas as porções generosas que nos foram servidas. As saladas mistas (alface e tomate) foram servidas alguns minutos após os pratos terem aterrado nas mesas, o que, pessoalmente, vai contra a minha preferência de comer a salada antes do prato principal. Apenas de referir também que ninguém optou pela Salada à Ginjal.

Os Carapaus decidiram regar o repasto com vinho verde da casa (bem fresco), que não desagradou. Havia também sangria tinta que não teria um sabor muito tradicional e talvez fosse algo doce, não sendo no entanto desagradável.

[adrotate banner=”11″]

Ginjal do Porto | A Decoração

A Decoração

O que se seguiu à parada de pratos principais foi o inevitável bolo de aniversário, muitíssimos saboroso, proveniente da Pastelaria Santiago, perto do Padrão da Légua (vejam o aspecto nas fotografias presentes na galeria, no fim desta Posta). Já ninguém teve barriga para sobremesas extra e fechámos a contenda com café.

É de realçar a eficiência, paciência e simpatia de quem serve no Ginjal. Fomos muitíssimo bem recebidos, tratados e servidos desde que entrámos, até abandonarmos o estaminé. No final das contas, coube 15€ a cada um, o que, nos dias que correm, nos pareceu bastante barato para um jantar de fim-de-semana.

É sempre difícil ficar com uma impressão fiel sobre um restaurante quando se trata de refeições com grupos grandes, visto que, normalmente, a qualidade dos cozinhados sofre sobremaneira e pode não reflectir o nível habitual daquilo que sai da cozinha dos estaminés. Embora não tenha sido uma refeição de deixar saudades ao exigente bucho de Carapau, não é de excluir uma segunda oportunidade ao Ginjal do Porto, numa outra incursão, para podermos aferir da real qualidade dos seus cozinhados.

Obrigado por este bocadinho.

Abreijos para todos!

Ginjal

Morada: Rua do Bonjardim 726, Porto
Telefone: 222 016 257
Horário: Seg a Dom – 11h00 às 23h00
Aceitam reservas? Sim

No Zomato
Click to add a blog post for Ginjal on Zomato
Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
E vocês, já experimentaram o Ginjal? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!
The following two tabs change content below.
Alexandre Vicente

Alexandre Vicente

Online Strategy Director at The BiZ Weavers
Homem barbudo que fala de tudo.
Alexandre Vicente

Latest posts by Alexandre Vicente (see all)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Deixar uma resposta