Casa de Pasto Adega do Ribatejo | Carapaus de Comida

Comida Portuguesa

A Casa de Pasto Adega do Ribatejo

10 Dez , 2012   Galeria

Para mais uma incursão semanal, juntou-se aos dois Carapaus residentes a honorabilíssima MAA. Em dia de trânsito infernal na Invicta e de alguma chuva, demorámos tempo considerável a chegar ao estaminé. Fizemo-lo por volta das 21h e conseguimos lugar para estacionar a viatura quase em frente à Casa de Pasto Adega do Ribatejo, embora não se adivinhe fácil esta tarefa, já que o estacionamento é feito na rua, e numa algo concorrida: a Rua de Alexandre Herculano, perto da Praça da Batalha.

Quando se entra na Casa de Pasto Adega do Ribatejo, salta imediatamente à vista a vasta garrafeira daquela chafarica, que justifica perfeitamente o uso de Adega no nome. Foi-nos dito pelo funcionário que nos serviu que ali se encontra uma garrafa que custa a módica quantia de 600€, embora nunca ninguém se tenha atrevido a bebê-la.

[adrotate banner=”11″]

Casa de Pasto Adega do Ribatejo | As Plumas de Porco Preto

As Plumas de Porco Preto

Já instalados na sala de jantar (a da frente, já que outras há na parte de trás do restaurante – nomeadamente uma considerável esplanada, perfeita para noites quentes de Verão e mesmo jantares de grupo, bem como uma sala pequena e privada, para jantares de grupo até trinta pessoas, com direito a aparelhagem e tudo), começámos a debicar (peixe não tem bico mas debica, fiquem sabendo) nas azeitonas e no pão que, embora não parecesse fresco, o era afinal. Rapidamente decidimos aquilo que iríamos comer, tal era a fome: Plumas de Porco Preto (para a AA), Filetes de Pescada com Arroz de Feijão (para a MAA) e Rojões à Moda do Minho (sem sangue e sem tripa, a pedido, para mim, o vosso criado AV). Raramente acontece, mas desta feita escolhemos vinho para regar a refeição. A garrafa de Arrojo, tinto, do Douro, acentou que nem uma luva ao banquete.

Falemos então da comidinha: as Plumas de Porco Preto, acompanhadas por legumes e batata nova dourada, estavam suculentos e deliciosos (as batatas estavam cozinhadas de forma excelente); os Filetes de Pescada foram muito bem acompanhados pelo arroz de feijão, ambos muito bons; os Rojões, guarnecidos com as tais batatas, também estavam ao nível dos melhores que Carapau já experimentou. Nota menos positiva para o arroz que acompanhou os Rojões, aquecido e seco.

[adrotate banner=”11″]

Casa de Pasto Adega Ribatejo | O Miminho

O Miminho

Passámos então às sobremesas e as escolhas recaíram sobre um Crumble de Maçã (muito bom), uns Miminhos (confecção exclusiva daquele estaminé, segundo nos disse quem nos serviu), um mimo de doce, com massa filo e doce de ovos) e um Bolo de Chocolate (húmido e fresco, delicioso).

Veio o café e a conta, cabendo 18,50€ a cada comensal, valor justo para uma refeição com bastante qualidade. Destaco ainda o serviço, sempre simpático, afável e pronto.

Em jeito de conclusão, se procurarem um espaço agradável, no centro do Porto, com comida portuguesa de excelente qualidade e uma larga escolha de vinhos, a Casa de Pasto Adega do Ribatejo é uma escolha segura. Acresce que praticam preços para refeições de grupo, o que exige contacto prévio para escolha de pratos e fixação do valor final, com tudo incluído, o que pode interessar a quem queira organizar jantares de Natal e/ou de aniversário.

Obrigado por este bocadinho.

Abreijos para todos.

Casa de Pasto Adega do Ribatejo

Morada: Rua Alexandre Herculano 219, Porto
Telefone: 222 088 991
Horário: Ter a Sáb – 12h30 às 15h30 – 19h30 às 23h00 | Seg – 19h30 – 23h00
Aceitam reservas? Sim

No Zomato
Click to add a blog post for Casa de Pasto Ribatejo on Zomato
Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
E vocês, já experimentaram a Casa de Pasto Adega do Ribatejo? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!
The following two tabs change content below.
Alexandre Vicente

Alexandre Vicente

Online Strategy Director at The BiZ Weavers
Homem barbudo que fala de tudo.
Alexandre Vicente

Latest posts by Alexandre Vicente (see all)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


One Response

Deixar uma resposta