Comida Japonesa

Kayo Foz ~ Sushi

12 Jun , 2015   Galeria

O estaminé abrira há já alguns meses mesmo junto ao sítio onde todos os dias se ganha o pão (e o que mais se vai comendo) mas a verdade é que só esta semana, e depois de ouvidas muitas opiniões divergentes, a coisa se deu: fomos ao Kayo, ali na Diogo Botelho, experimentar o que este restaurante que, entretanto, já abriu uma outra chafarica algures, tinha para nos oferecer. Tanto eu como a RP (companheira desta incursão) somos meninas para conhecer a grande maioria das ofertas de sushi da Invicta, das mais caras e tradicionais às mais aldrabadas e baratas – e não cometemos a asneira de exigir das segundas o que elas não nos podem dar, pelo que é sempre de mente aberta e estômago guloso que vamos experimentar coisas novas.

[adrotate banner=”11″]

Pelo sim, pelo não, marcámos mesa de véspera (não queríamos correr riscos, porque tínhamos horas marcadas para voltar a pegar no batente), mas depois verificámos que, ao menos naquela quinta-feira, não teria sido imprescindível fazê-lo: apesar de muito composto, o Kayo (que será capaz de albergar umas 35 a 40 pessoas, pelos cálculos pouco rigorosos que acabei de fazer, recorrendo à memória) não estava cheio e teríamos conseguido uma mesinha para duas. O espaço é agradável e minimalista, muito ao jeito dos inúmeros estaminés do género que grassam por essa Invicta afora; por outro lado, porque há um outro restaurante duas portas acima, onde já entrei algumas vezes, e que tem exactamente o mesmo desenho, também por aí não fui surpreendida: é agradável, com ar fresco e despojado, mas elegante.

Já tinha espreitado os menus de almoço disponíveis (de segunda a sexta, excepto feriados) na página de Facebook, pelo que não nos foi difícil chegar ao que queríamos: o Menu Universitário (que, abençoado, serve alunos e professores, mas sem que sequer nos peçam identificação), que incluiria uma sopa Miso Shiru, dois crepezinhos Ebi No Harumaki (de camarão, com molho agridoce) , que preferimos à Gyosa, um Temaki Filadélfia e 18 peças de sushi e sashimi – o que nos pareceu excelente negócio.

Escolhemos a bela da Cola Zero para acompanhar a refeição e, passados uns minutos, éramos servidas por uma das duas simpáticas funcionárias que nos acompanharam a refeição: a sopa estava quentinha e saborosa e os crepes acabados de fritar (e até souberam a pouco, mas mais viria); ainda não acabáramos aqueles e já o temaki chegava, devidamente acompanhado por gengibre e wasabi. E não é que, uma vez mais, se provou que as minhas reservas em relação aos temakis podem estar absolutamente desajustadas? Normalmente, e porque já tive más experiências, é peça por que não me perco, porque temo sempre ser presenteada com uma catrefada de arroz e só um nadinha de peixe para enfeitar; aqui, há salmão mesmo até ao fundo do cornetto (perdoe-se-me a analogia paupérrima) e foi um gostinho tratar-lhe da saúde.

Finalmente, o sushi (e sem compassos de espera, mesmo porque nós falamos pelos cotovelos e até o sushi é preparado mais depressa do que nós deglutimos o que temos à frente): seis peças de sashimi (entre salmão bom e peixe-manteiga salpicado com raspas de lima) e doze peças de sushi (entre frios e quentes) servidas naquilo que nos pareceu um prato-azulejo branco e muito simpáticas de se comer – nada de especialmente original e, infelizmente, uma peça com morango (há um menu sem fruta nem fritos, para os puristas), mas tudo bom e bem feito.

[adrotate banner=”11″]

No fim, uma surpresa ainda maior: o preço do menu inclui não só as entradas e as peças mas também a bebida, o café e (suspeito), a sobremesa, de que prescindimos – ora, por 14€, considero-nos muito bem servidas, tanto mais que tudo nos soube lindamente. E isto seriam óptimas notícias, não se dera o caso de termos o Kayo mesmo à porta do trabalho, o que se afigura perigosíssimo, no sentido de que será difícil fugir a novas incursões, agora que já sabemos que vale a pena entrar.

Bons apetites também para vocês, sim, boas gentes?

Restaurante Japonês Kayo

Morada: Rua Diogo Botelho 1882, Porto
Telefone: 223 229 327
Horário: Dom a Sex – 12h00 às 15h00 – 20h00 às 23h00
Aceitam reservas? Sim

No Zomato
Click to add a blog post for Kayo on Zomato
Não Se Esqueçam de Deixar os Vossos Comentários
E vocês, já experimentaram o sushi do Kayo? Deixem-nos os vossos comentários no fundo da página. Obrigado!
The following two tabs change content below.
Ana Andrade

Ana Andrade

Agridoce, de tempero forte e gargalhada salgada.
Ana Andrade

Latest posts by Ana Andrade (see all)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Deixar uma resposta