Churrasqueira Monte dos Burgos | Carapaus de Comida

Churrasqueira

Churrascada de S. Valentim

18 Fev , 2013  

O Dia de São Valentim é um dos dias mais importantes no calendário dos estaminés. É fácil perceber porquê, especialmente se alguma vez tentaram descobrir um restaurante com mesas livres naquela noite. Confessamos que, embora a Churrasqueira Monte dos Burgos estivesse na nossa lista de chafaricas a visitar, não estava planeada para o dia em que lá fomos. O Plano A estava a abarrotar e como não queríamos esperar, resolvemos dar asas ao Plano B, a Churrasqueira Monte dos Burgos.

Churrasqueira Monte dos Burgos | A Ementa Especial

A Ementa Especial

 

Os cartazes colados nas várias janelas e portas de vidro da Churrasqueira (que sofreu obras de renovação há pouquíssimo tempo) não enganavam quanto ao evento que se celebrava naquela Quinta-Feira: um menu especial para o Dia dos Namorados. Entrámos e logo nos foi dada a escolha de nos instalarmos no andar de cima, onde havia música ao vivo. Pelos acordes que nos chegavam aos ouvidos, ainda no andar de baixo, decidimos que seria melhor ficarmos mesmo por ali, onde teríamos uma refeição mais sossegada. A sala é típica daquele tipo de espaço: não é especialmente acolhedora mas é confortável o suficiente para que se passe ali o tempo bastante para se comer qualquer coisinha.

[adrotate banner=”11″]

A AA olhou para a lista e sugeriu que experimentássemos o churrasco misto ao que o resto da trupe acedeu facilmente. Aliás, o preço era bastante convidativo — 36€ para quatro pessoas — faltando apenas saber se a quantidade e a qualidade agradariam aos estômagos exigentes de Carapaus. O tempo de espera foi bastante reduzido (até porque o estaminé estava longe de estar cheio, talvez porque seja menos romântico jantar-se numa churrasqueira em Dia dos Namorados) e mal a travessa aterrou na mesa, percebemos que havia sido uma excelente escolha. As carnes que compõem o churrasco misto são picanha, salsicha toscana, frango, costelinhas (ou entrecosto como muita gente lhe chama) e entrecosto (ou entremeada, como alguns a conhecem). Destaque menos positivo para a picanha, que estava algo rija, para o que estamos habituados. Estava tudo bastante bom, considerando o local e o preço, e mesmo não sendo uma refeição especialmente memorável, também não será uma esquecível. Tudo cumpriu com as nossas expectativas. As carnes vieram acompanhadas por batata frita caseira, arroz branco, feijão preto, couve mineira e farofa. Regámos tudo a fino Super Bock e na primeira rodada tivemos pouca sorte já que vieram um pouco mal tirados, ficando tudo resolvido na rodada posterior.

[adrotate banner=”11″]

Churrasqueira Monte dos Burgos | O Churrasco Misto

O Churrasco Misto

Já de pança cheia, lá encontrámos espaço para o docinho no fim, como é costume. Acredito que os salgados e os doces têm compartimentos separados no estômago e mesmo estando um deles a abarrotar, há sempre espaço livre  no outro. A AA e a IP decidiram-se pelo Doce da Casa (uma espécie de natas do céu mas com Baba de Camelo em vez dos habituais doces de ovos e/ou bolacha moída na cobertura), enquanto eu decidi matar saudades do Bolo de Bolacha (bastante amanteigado).

Veio o café e tivemos direito à pirosice mais doce de sempre: açúcar cor-de-rosa! Seguiu-se a conta e, confirmando a relação qualidade/preço que esperávamos, cifrou-se nuns 17€ por comensal.

Em jeito de conclusão, a Churrasqueira Monte dos Burgos é um sítio simpático, com um churrasco misto bastante barato e cumpre na perfeição a sua função. De referir ainda que têm também serviço de take-away.  É também ideal para grupos.

Obrigado por este bocadinho.

Abreijos para todos.

[nggallery id=78 template=player]

 

The following two tabs change content below.
Alexandre Vicente

Alexandre Vicente

Online Strategy Director at The BiZ Weavers
Homem barbudo que fala de tudo.
Alexandre Vicente

Latest posts by Alexandre Vicente (see all)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


2 Responses

  1. […] Não foi a primeira vez que tentámos jantar no Restaurante Asiático (não estamos certos se tem outro nome para além do que consta do letreiro, cá fora) que fica na Estrada Exterior da Circunvalação, mesmo junto ao cruzamento do Monte dos Burgos, do lado direito, no sentido Rio Tinto-Foz: no dia 14 de Fevereiro, quinta-feira que por acaso era também Dia de São Valentim, ainda aguardámos uns quinze minutos, de pé, numa sala absolutamente cheia (as fotografias do espaço, que constam da galeria, são desse mesmo dia), mas depois decidimos ir pregar para outra freguesia – e foi assim que fomos parar à Churrasqueira do Monte dos Burgos. […]

  2. […] percorrermos a trindade de restaurantes do Cruzamento do Monte dos Burgos (sendo que já fomos à Churrasqueira e ao Asiático), acabámos por, inadvertidamente, deixar para o fim o estaminé cuja existência […]

Deixar uma resposta